APRENDIZAGEM E DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: UMA ANÁLISE A PARTIR DO OLHAR PEDAGÓGICO

Joseane Santos Souza de Oliveira, Rachymir Siqueira Dias Furtado

Resumo


A Educação Especial é uma temática que vem sido amplamente discutido no âmbito educativo, especialmente a partir da aprovação da legislação nessa área e do processo de inclusão que vem ocorrendo nas instituições de ensino. Diante disso, o estudo sobre a Deficiência Intelectual contribui para compreender as especificidades dessa deficiência e como pode ser realizada a inclusão no espaço escolar. O presente artigo tem como objetivo compreender o processo de inclusão do aluno com Deficiência Intelectual a partir de um olhar pedagógico. A metodologia utilizada foi uma abordagem qualitativa por meio de uma pesquisa de revisão bibliográfica. Concluiu-se com a realização desse estudo que o processo de inclusão dos alunos com Deficiência Intelectual deve ocorrer por meio de uma prática pedagógica adaptada através do processo de autorregularão da aprendizagem, ou seja, o deficiente intelectual irá assimilar os conteúdos de acordo com as suas possibilidades de incorporá-lo ao que já conhece. Dessa maneira haverá o respeito as suas limitações e o reconhecimento das suas capacidades cognitivas.

 


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição Federal, 05 de outubro de 1988. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 05 out. 1988.

__________. Lei nº 8.069, de 13 de junho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Presidência da República, Brasília/DF, 13 jun. 1990.

__________. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Presidência da República, Brasília/DF, 20 dez. 1996.

__________. Ministério da Educação. Resolução CNE/CEB nº 2, de 11 de setembro de 2001. Institui Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. Brasília/DF: MEC, 11 set. 2001.

__________. Lei nº 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Presidência da República, Brasília/DF, 9 jan. 2001.

_________. Decreto nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004. Regulamenta as Leis nº 10.048, de 8 de novembro de 2000, que dá prioridade de atendimento às pessoas que especifica, e 10.098, de 19 de dezembro de 2000, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências. Presidência da República, Brasília/DF, 2 dez. 2004.

__________. Ministério da Educação/Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília/DF: MEC/SECADI, 2008.

CARVALHO, Rosita Edler. Integração e Inclusão: do que estamos falando? In: BRASIL, Ministério da Educação. Educação Especial: tendências atuais. Brasília: MEC/SEED, 1999.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

GLAT, Rosana; BLANCO, Leila de Macedo Varela. Educação Especial no contexto de uma Educação Inclusiva. In: GLAT, Rosana. (Org.). Educação Inclusiva: cultura e cotidiano escolar. Rio de Janeiro: Sete Letras, 2007.

HOFFMANN, Jussara Maria Lerch. Avaliação na Pré-Escola: um olhar sensível e reflexivo sobre a criança. Porto Alegre: Mediação, 1966.

HONORA, Marcia; FRIZANCO, Mary Lopes Esteves. Esclarecendo as deficiências: aspectos teóricos e práticos para contribuir com uma sociedade inclusiva. São Paulo: Ciranda Cultural, 2008.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér. Inclusão escolar: o que é? por quê? como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

____________. Ser ou estar: eis a questão - Explicando o déficit intelectual. Rio de Janeiro: WVA, 2012.

MEIRIEU, Philipe. O cotidiano da escola e da sala de aula: o fazer e o compreender. Porto Alegre: Artmed. 2005.

ROSA, Enio Rodrigues da; ANDRÉ, Maria Filomena Cardoso. Aspectos Políticos e Jurídicos da Educação Especial Brasileira. In: Pessoa com deficiência: aspectos teóricos e práticos. Programa Institucional de Ações Relativas às Pessoas com Necessidades Especiais (PEE). Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE), 2006.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. São Paulo: Cortez, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conhecimento em Destaque

Rua Pouso Alegre, 49 - Barcelona
29166 - 160 - Serra - ES
Brasil
Tel: (27) 3241-9093

 

Este periódico está cadastrado Sumários.org, no LatinRev e no LivRe diretório de políticas das revistas científicas brasileiras sobre o acesso aberto aos artigos por meio de repositórios institucionais.

ISSN: 2239-6548