COMO EXPERIMENTAR A DEUS ATRAVÉS DA MEDITAÇÃO CRISTÃ

José Carlos Ferraz, Adiclecio Ferreira Dias

Resumo


A sociedade atual passa por um momento de dúvida e de busca do sagrado. Com isso, surge a necessidade de demonstrar a importância e o valor de uma prática contemplativa milenar, no caso a Meditação Cristã, mostrando sua importância e de como podemos empregá-la em nosso dia a dia. Uma das belezas que a tradição cristã possui é a visão de unidade. Devido a crescente ausência de Deus na consciência moderna, surge uma preocupação de como o ser humano poderá sobreviver não no que se refere à raça, mas sim da humanidade da raça. Neste caso, vislumbramos através desta pesquisa, que a prática da meditação nos permite ter acesso à riqueza infinita da verdade que vive dentro de cada ser humano, sendo que esta experiência de uma realidade compartilhada e compassiva é o que todos os grandes ensinamentos sobre sabedoria apontam nos estudos realizados. A busca de poder contemplar a Deus face a face, é trazer à tona a beleza velada que se encontra por de trás da Meditação Cristã, uma vez que não é uma novidade que o cristianismo esteja passando por um período de transição turbulenta e que nos últimos trinta anos ou mais, houve uma redescoberta revolucionária da tradição da contemplação cristã. Isso não é meramente uma descoberta acadêmica, porém conclui-se que a prática da meditação tem despertado uma nova consciência, a de que a dimensão contemplativa da oração está aberta a cada um de nós e que é um privilégio da graça dada pelo Espírito a todos os seres humanos. É o que Jesus Cristo chamou de Reino de Deus.


Palavras-chave


: Meditação. Tradição. Sabedoria. Contemplação. Espírito

Texto completo:

PDF

Referências


AGOSTINHO. As Confissões. 2ª ed. São Paulo: Paulinas, 1986.

BARSOTTI, D. Monaquismo e mística. Juiz de Fora: Subiaco, 2009.

BÍBLIA DE JERUSALÉM. São Paulo: Paulus, 2002.

CASSIANO, J. Da Oração. Tradução do latim de Adriano Correia Barbosa. Petrópolis: Vozes, 2008.

CELAM. Documento de Aparecida: Texto conclusivo da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe. São Paulo, Ed. Paulus, 2007.

COMTE-SPONVILLE, A. O espírito do ateísmo: introdução a uma espiritualidade sem Deus. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2016.

D’ÁVILA, T. As moradas do castelo interior. São Paulo, É Realizações, 2014.

DI BERARDINO, Fr. P. P. Elisabete da Trindade: viver a partir do interior da alma. São Paulo: Paulus, 2005.

______. Caminho de Perfeição, in Obras completas. São Paulo, Ed. Loyola, 1995.

FREEMAN, L. Os olhos do coração: a meditação na tradição cristã. São Paulo: Palas Athena, 2004.

______. Primeira vista: a experiência da fé. São Paulo: Vozes, 2012.

LACARRIÈRE, J. Padres do deserto: homens embriagados de Deus. São Paulo: Loyola, 2002.

MAIN, John. A palavra que leva ao silêncio. São Paulo: Paulus, 1987.

______. O momento de Cristo: a trilha da meditação. São Paulo: Paulus, 1987.

______. O caminho do não conhecimento: expandindo os horizontes espirituais através da meditação. Petrópolis: Vozes, 2009.

PORFÍRIO. Vida de Plotino. Tradução de R. Ullmann. In: ULLMAN, R. Plotino: Um estudo das Enéadas. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002.

SANTA MISSA “PRO ELIGENDO ROMANO PONTÍFICE”. Disponível em: Acesso em: 7 jul. 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este periódico está indexado no Latindex (Sistema Regional de Informação em Linha para Revistas Científicas da América Latina, Caribe, Espanha e Portugal); Sumários.org, no Diadorim, no LivRe e no LatinRev o acesso aberto aos artigos por meio de repositórios institucionais.